Sobre.

Construir sets com a mesma habilidade com que os bons contadores de histórias nos envolvem em suas narrativas: criando suspense, colocando e retirando elementos na hora certa, alternando momentos etéreos com outros de intensidade, mas sempre dosando a emoção com precisão minuciosa. O curitibano Leonardo Arlant, mais conhecido como Leozinho, é um dos poucos DJs brasileiros aos quais esta analogia se aplica à risca.

Leo começou a tocar em 1996 e foi não apenas um dos DJs pioneiros no país, como também residente de um dos clubes mais importantes para o início da cena brasileira, a Rave, de Curitiba. A vocação inequívoca para as pick-ups e a capacidade de flertar com as variantes da House Music, do Trance e do Techno no mesmo set rapidamente fizeram dele uma referência na discotecagem com vinis: dono de um grande acervo repleto de raridades, logo nos primeiros anos de carreira ele percorreu os principais clubes do Brasil e já em 2000 venceu o  “Philips Expression”, torneio que reuniu grandes DJs brasileiros. Em 2004 Leozinho foi premiado como “DJ revelação” do país no prêmio da Noite Ilustrada, do jornal Folha de São Paulo.?Suas apresentações no Skol Beats fizeram com que ele adquirisse experiência também em festivais e fosse um dos poucos representantes brasileiros no line-up do Creamfields Buenos Aires, festival onde tocou em 2006. Tem no currículo apresentações em clubes e festivais conceituados de Londres, Berlim, Hong Kong, Amsterdam, Los Angeles e Ibiza.

Primeiro residente do Warung Beach Club - clube onde regularmente faz alguns dos seus melhores shows até hoje – ele ainda integra o trio Life Is a Loop e também se dedica as novas produções, ao lado de parceiros como Ricardo Albuquerque (Warung Recordings) e o brasileiro Gabe. Tanto nestes projetos como em sua carreira individual, Leozinho é um dos grandes talentos na arte de contar histórias através de suas apresentações melódicas e carregadas de experiência que, assim como na literatura, têm a valiosa capacidade de envolver e apaixonar as pessoas na pista.

Redes Sociais