Sobre.

João Pedro não nasceu Traffic Jam, mas vem se tornando cada dia mais parte deste codinome, que hoje é sinônimo de house music com groove, repertório e personalidade. O primeiro contato do curitibano com a música eletrônica aconteceu no playground mais famoso do Brasil: o Warung Beach Club. Foi da paixão da turma de amigos pela música no “templo” que nasceu o coletivo Radiola, do qual João faz parte desde o início. Naqueles tempos, o “Traffic Jam” acontecia por diversão na casa dos estúdios de produção musical, e João ficou conhecido por assumir os decks em inabaláveis long sets que marcaram lendários after hours.

Traffic Jam (engarrafamento, em inglês) veio de uma parceria com Ricardo Albuquerque: através do projeto os amigos buscavam criar um som tão revigorante que pudesse transformar até um engarrafamento num momento agradável. João Pedro manteve o nome em projeto solo, e vem cumprindo sua missão com capacidade ímpar de perceber as sensações do público que está dançando, o que tornou realidade apresentações nas mais incríveis pistas de dança do país e do mundo, como Warung, Beehive, Club Vibe, Colours e recentemente no maior encontro de profissionais e fãs de música eletrônica do mundo, o Amsterdam Dance Event, na Holanda.

Hoje Traffic Jam é respeitado no cenário artístico por sua habilidade, por sua seleção apurada que surpreende e intriga, explorando todos os tempos, as melodias e levadas da house music numa mistura ousada e totalmente original.

 

Redes Sociais