Ah, o carnaval! Uma das datas mais comemoradas em todo o país. São dias que envolvem muita festa, diversão e claro: muita música.

Para os amantes da dance music, não há nada mais eletrizante que o carnaval no Warung Beach Club. Visto como o templo da música eletrônica e reconhecido como tal no mundo todo, os 3 dias festejados lá durante a data são intensos e carregados de muita emoção, onde pode-se ouvir grandes artistas e dificilmente vistos no país.

Há cerca de um mês da data, as memórias continuam frescas na cabeça. Portanto, convidei o residente da RADIOLA Records Traffic Jam, para contar um pouco da sua experiência estreiando no feriado mais importante do templo. Confira:

 

"Tocar no Warung Beach Club é sempre uma mistura de sentimentos, por ser o club que mais frequentei (e frequento) tenho uma conexão especial, foi lá que fiz grandes amigos, vivi momentos inesquecíveis e que com certeza me inspirou para querer trabalhar com música eletrônica. Ao ver tantos artistas que fazem long sets incríveis, antigamente” passando bastante do horário do nascer do sol, percebi que ali tinha uma energia única, que se eu soubesse aproveitar ia me acrescentar muito como pessoa e como artista.

Então, desde que recebi a notícia que ia tocar lá pela primeira vez em meados de 2017, em uma festa da RADIOLA, foi uma explosão de alegria e também uma grande responsabilidade que fiquei feliz em assumir, afinal além de toda essa conexão pessoal, lá é um dos melhores clubes do mundo. Por isso toda vez que eu vou tocar lá, eu paro e reflito um pouco sobre como vai ser a noite, me imagino tocando, no horário determinado, em quais artistas vão tocar também e já monto uma ideia mental de qual sentimento quero passar, e só assim inicio minha pesquisa. 

Desta vez, a 8ª, não foi diferente e admito que o frio na barriga permanece igual. Sou um grande fã do Tiga e do Seth Troxler, artistas que iam tocar depois de mim na pista do Garden deste carnaval, então pensei em preparar a pista da melhor maneira, claro. O carnaval tem uma ótima peculiaridade pois é o feriado mais festivo do país, então preparei um warm up mais animado, mais house e solto, para o pessoal que chegasse cedo já pudesse começar a curtir a noite, sem exageros, se preparando fisicamente e emocionalmente para os próximos DJ's. Creio que consegui cumprir meu objetivo, foram 3h de sets que adorei fazer, aliás se quiser conferir, lancei ele no meu SoundCloud. 

 

Sendo meu 11˚ carnaval seguido no Warung, e o primeiro tocando no feriado, a experiência deste foi incrível, como sempre. Um dia antes da minha apresentação, segundo dia de carnaval, pude presenciar e curtir na pista meu amigo Albuquerque, no slot do meio do pistão do Warung, antes do Marco Carola. Set dançante, perfeito para o momento, na medida entre sons mais introspectivos com mais pista, esquentando o público e deixando perfeito para Carola dar sequencia na noite. Garden nesse dia estava ótimo com &ME e Adam Port, encaixando bem um long set, dando ao público dois sons distintos que estavam super coesos no seu ambiente, um na parte de dentro e outro na externa. 

Na segunda-feira que toquei, fiquei “plantado” no Garden. Apresentação de Tiga com seu ponto alto na sua própria trackYou Gonna Want Me, uma das tracks mais lindas de house já feitas, na minha opinião. Seth Troxler deu sequencia em um set bem house e muito alto astral. Realmente, foi um carnaval para ficar na memória e não vejo a hora de voltar ao templo, seja como público ou como artista... Nos vemos na pista!"

 

 

feel the music.

Facebook: RADIOLA Records | Instagram: @radiolarecords | Soundcloud: Radiola Records | YoutubeRadiolaTV